Blog > RH ágil: o que é e quais os benefícios desta estratégia?

RH ágil: o que é e quais os benefícios desta estratégia?

rh-agil-synergie

Conheça o conceito do RH ágil, seus benefícios e estratégias para implementação eficaz. Descubra também como essa metodologia impulsiona a adaptação rápida do negócios às mudanças do mercado.

O RH ágil é uma abordagem adotada pelo setor de recursos humanos, a fim de otimizar os processos, tornando-o mais estratégico e menos operacional. A metodologia visa trazer mais agilidade, flexibilidade e adaptabilidade à gestão de pessoas. 

A abordagem baseada em regras e hierarquia é substituída por um modelo simples e rápido, centrado no capital humano. Um estudo conduzido pela Deloitte, indica que 79% dos executivos globais classificam a gestão ágil do desempenho com uma prioridade organizacional

Entenda, neste artigo, o que é o RH ágil, conheça seus benefícios e saiba como implementá-lo na sua empresa. Aproveite o conteúdo! 

O que é o RH ágil? 

O papel do setor de recursos humanos passou por uma grande transformação, deixando de ser apenas administrativo e assumindo uma postura mais protagonista e estratégica. Isso ocorre porque, atualmente, a gestão de pessoas direciona esforços para os clientes internos, gerando um alto valor agregado para as empresas. 

Em síntese, o RH ágil, também conhecido como agile, é uma nova abordagem com foco em velocidade, flexibilidade e colaboração. O termo é utilizado para descrever a aplicação de metodologias ágeis do departamento de recursos humanos, com uma proposta mais flexível e responsiva à mudança. 

A metodologia ágil envolve deixar de lado os processos e sistema tradicionais de RH – em sua maioria manuais e burocráticos – e aderir a uma estratégia mais centrada no colaborador.  

O RH ágil visa garantir que o setor permaneça alinhado com a estratégia de negócios da empresa, para se adaptar de forma rápida às transformações do mercado.  

O modelo de RH ágil é, na prática, um método inovador de repensar e redefinir as funções do departamento. Fundamentalmente, ele se concentra em uma colaboração mútua entre as diferentes equipes funcionais, de projetos ou programas, a fim de fornecer valor e experiências agradáveis às partes envolvidas.  

Esta estratégia é baseada no Manifesto Ágil, criado em 2001, por programadores para o desenvolvimento de softwares. O objetivo inicial era apenas estabelecer diretrizes para alinhar o desenvolvimento de programas, com base nas necessidades dos clientes, a fim de evitar o retrabalho e prejuízos financeiros. 

Desde então, o método agile ganhou popularidade e, atualmente, é utilizado por diferentes setores. Pode-se dizer, inclusive, que a partir do conceito de metodologia ágil, a gestão de pessoas se tornou mais estratégica, incorporando flexibilidade e excelência nos processos por um custo reduzido. 

Qual a importância do RH ágil? 

agile ganhou força ao longo dos anos. De tal modo, cada vez mais empresas estão aderindo às práticas para o RH ágil. A filosofia central do agile é o foco na entrega de valor aos clientes (colaboradores, candidatos e outros stakeholders). 

Em um mercado de trabalho definido pelo VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade), o setor de RH precisa responder de forma rápida às mudanças, tendo mais fluidez nos processos. Diferente do modelo tradicional, com o RH ágil é possível garantir ajustes rápidos, que facilitam e agilizam a tomada de decisões. 

Por meio do agileo RH consegue criar planos de treinamento e desenvolvimento de modo mais efetivo e satisfatório, pois ele permite o melhor aproveitamento do potencial de cada colaborador. Esta metodologia visa, também, estimular os membros da equipe a trazer soluções para tarefas dos dia a dia, convidando-os a participar em várias frentes nos projetos. 

Além disso, outro ponto importante é a visão mais analítica do gestor e da equipe do RH ágil. Com a abordagem, o departamento pode analisar as entregas e obter dados e indicadores, melhorando o processo de tomada de decisão e tornando-o mais assertivo. 

Um RH ágil pode, ainda, oferecer outros benefícios como: 

  • Comunicação eficiente; 
  • Fortalecimento da colaboração entre equipes; 
  • Aumento na precisão de dados; 
  • Melhora do fluxo de trabalho e da qualidade dos processos; 
  • Aprimoramento da experiência dos colaboradores; 
  • Melhora no clima organizacional
  • Aumento da produtividade. 

Entretanto, para obter sucesso com o RH ágil é fundamental que as equipes estejam preparadas para usar as metodologias ágeis e tecnologias voltadas para a gestão de pessoas. Neste cenário, a promoção de treinamentos para os colaboradores da empresa, em especial o time do RH, deve fazer parte da estratégia da companhia. 

RH ágil: principais pilares 

Até aqui, vimos o que é o RH ágil e descobrimos que ele pode trazer uma série de benefícios para o setor. Contudo, é crucial ter em mente que o agile não significa fazer tarefas mais rápidas, mas principalmente, evitar desperdícios e proporcionar a correta priorização das atividades-chave para o sucesso do projeto. 

Ou seja, para ganhar mais produtividade, tanto no RH quanto em outros setores da empresa, é importante eliminar informações repetidas e a burocracia em excesso. 

Portanto, para garantir melhorias contínuas e um processo mais fluido, o RH ágil precisa ser sustentado pelos seguintes pilares, baseados no Manifesto  para Desenvolvimento Ágil de RH

  • Redes colaborativas, em vez de hierarquias; 
  • Transparência, ao invés de sigilo; 
  • Adaptabilidade acima da prescrição; 
  • Foco em inspiração e engajamento
  • Motivação intrínseca mais importante que recompensas externas; 
  • Ambição ao invés de obrigação. 

RH ágil: 6 dicas para a implementação 

Para aderir ao RH ágil de forma prática, é importante elaborar um planejamento detalhado com alguns pontos importantes que norteiam as estratégias a serem executadas. 

A seguir, listamos 6 dicas para otimizar a implementação do RH ágil: 

  1. Planeje

Faça uma análise sobre o momento atual do time de profissionais da empresa, os processos e as ferramentas que estão em uso. Dessa forma, é possível ter uma visão ampla acerca dos pontos fortes e melhorias a serem efetuadas no setor. 

Para isso, realize pesquisas internas. Com os dados em mãos, defina as necessidades e treinamentos necessários para o desenvolvimento da equipe. 

  1. Estabeleça as metas

As metas direcionam a equipe e mostram para onde o RH pretende avançar. Nesse caso, é possível definir as metas com a metodologia SMART, sigla do inglês para definir Específico, Mensurável, Alcançável, Relevante e Temporal.  

Com o SMART, é possível definir os objetivos almejados, de modo claro e eficiente, uma vez que ele permite transformar ideias em objetivos realistas.  

Para isso, vale ressaltar que o uso de indicadores de desempenho também é relevante. Com os KPIs, os colaboradores conseguem acompanhar as metas alcançadas e tarefas cumpridas. 

  1. Organize as responsabilidades

A implementação do RH ágil exige a participação de todos. Dessa forma, é essencial definir as responsabilidades e dividi-las entre os gestores de cada área, colaboradores e RH. 

É importante que todos consigam visualizar suas tarefas, além dos prazos e responsáveis. De outro modo, é importante confirmar se a carga de trabalho está igualmente distribuída e se houve colaboração das partes envolvidas. 

Com o Sistema de Ponto Eletrônico da Senior, é possível gerir a carga horária de trabalho dos colaboradores e verificar a existência de horas extras. A solução garante agilidade na gestão do ponto em tempo real, enviando os dados de fechamento de forma simples e rápida. A solução integra o aplicativo do Ponto, permitindo aos colaboradores realizarem a gestão da sua jornada de trabalho de qualquer lugar e garantindo o controle das marcações dentro do cumprimento da legislação trabalhista. 

  1. Realize treinamentos

A mentalidade agile precisa se tornar parte da cultura interna. Portanto, ao implementá-la, é necessário mantê-la e direcioná-la de modo constante.  

Por isso, um programa de treinamento também deve ser implementado. Dessa forma, os colaboradores irão aprender e estar em constante desenvolvimento. Inclusive, isso pode contribuir de forma positiva para engajar a força de trabalho. 

  1. Envolva a liderança

O apoio da liderança é essencial para que tudo ocorra conforme o esperado, e para que o RH colha bons frutos em um ritmo constante. Para isso, os profissionais de RH podem apostar em gráficos e relatórios que apresentem os resultados positivos alcançados a partir da implementação da estratégia do RH ágil. 

  1. Colete os feedbacks

Por último, mas não menos importante, adote a cultura do feedback e busque conhecer as opiniões e experiências da equipe. Com essa escuta ativa, o gestor pode compreender problemas que surgem no meio do caminho, barreiras e pontos de frustração.  

Agora que você já sabe o que é um RH ágil e quais são seus benefícios, que tal implementá-lo na sua empresa? Ele pode trazer bons resultados, aumentar a produtividade e reduzir custos! Para saber mais sobre novas estratégias, tecnologias e processos ligados ao setor de Recursos Humanos, acompanhe o blog.

Fonte: Senior