Blog > Logística Inbound e Outbound: entenda as diferenças

Logística Inbound e Outbound: entenda as diferenças

Afinal, o que é logística Inbound e Outbound? Desde a sua concepção, essas duas peças têm desempenhado um papel diferencial no progresso dos negócios.

Isso porque, para conseguir estruturar e avaliar adequadamente o desempenho de uma cadeia de suprimentos, é fundamental ter um profundo conhecimento dos processos, permitindo, assim, a implementação de melhorias. 

Dado que uma das principais preocupações do gestor é elevar a confiabilidade e eficiência da sua rede de distribuição, preparamos este artigo sucinto que abordará a importância desses dois modelos, seus diferenciais e como eles contribuem para o melhor aprimoramento estratégico da produção. Boa leitura! 

Qual a importância das logísticas Inbound e Outbound? 

O setor logístico desempenha um papel fundamental e crucial na economia, especialmente em nações como o Brasil, onde os gastos nesse domínio estão entre os mais altos do mundo. 

Afinal, conforme indicado no estudo “Panoramas Setoriais 2030 – Logística“, os custos referentes no país são impactados pelo transporte de cargas em longas distâncias por rodovias, pela carência de infraestrutura de qualidade nas estradas e pelos desafios na integração eficiente do fluxo logístico, resultando na formação de estoques indesejados. 

Com o propósito de atingir esse fim, profissionais buscam incessantemente atualizar-se e aprimorar suas competências, concentrando-se especialmente em áreas fundamentais, tais como gestão da cadeia de suprimentos, atendimento de pedidos e, sobretudo, logística de entrada e saída. 

Dentro desse contexto, é importante compreender o que significa logística Inbound. O termo “in”, em inglês, significa “dentro”. Portanto, a logística Inbound refere-se aos processos logísticos cujo destino final é a própria empresa. 

Já a logística Outbound significa “fora” e retrata as operações logísticas voltadas a destinos além da empresa, ou seja, para os clientes. Dessa forma, entenda com detalhes como essas duas dinâmicas atuam nas organizações. 

Função da logística Inbound 

A logística Inbound desempenha um papel crucial em qualquer empreendimento, pois visa manter a fluidez do transporte logístico e garante que a chegada dos produtos ao armazém ocorra conforme os prazos previamente estabelecidos. Isso ajuda a prevenir falhas e atrasos que poderiam resultar em problemas relacionados ao excesso de carga. 

Essa garantia é construída sobre a base de vários processos internos e envolve um rigoroso gerenciamento de toda a cadeia de abastecimento. Isso proporciona aos gestores um controle total sobre as mercadorias, desde o momento em que deixam o fornecedor até chegarem à companhia. 

Dessa maneira, a empresa que adota a logística Inbound assegura a eficácia na relação com seus fornecedores, garantindo que o estoque esteja sempre abastecido de forma adequada, com produtos de qualidade na quantidade necessária. 

Função da logística Outbound 

Já a logística Outbound assume a responsabilidade pelo encerramento do transporte, que culmina com a entrega ao destinatário. Ou seja, compreende todo o trajeto desde a partida da mercadoria do armazém até sua chegada ao cliente. 

Embora seja uma fase relativamente breve, ela tem um impacto direto na experiência do destinatário. Isso ocorre porque, ao contrário da cadeia Inbound, as etapas da logística Outbound englobam todas as atividades relacionadas ao transporte em andamento. 

Portanto, qualquer contratempo tem o potencial de atrasar o prazo de entrega ou, em casos extremos, prejudicar a encomenda, o que pode resultar em problemas na relação entre a empresa e o consumidor. 

 Quais são os seus diferenciais para a empresa? 

Aqueles que trabalham na gestão da cadeia de suprimentos entendem a complexidade que envolve a administração de inúmeras etapas, procedimentos e dados. 

Dessa forma, o eficaz planejamento da logística Inbound e Outbound desempenha um papel crucial ao aprimorar a eficiência do sistema como um todo para a empresa e estão atreladas ao modelo 4.0 de gestão

Dessa forma, compartilham o mesmo propósito: incrementar a produtividade e os ganhos das empresas. Quando as etapas e responsabilidades são claramente estabelecidas e organizadas, torna-se mais simples estabelecer metas para toda a equipe. 

Ou seja, a logística Inbound proporciona: 

  • coordenação com os fornecedores para a produção dos produtos; 
  • gerenciamento e transporte dos materiais que são entregues à fábrica; 
  • movimentação de mercadorias dentro das diferentes áreas da empresa; 
  • armazenamento e gestão de estoque das mercadorias na companhia; 
  • controle das embalagens que são devolvidas. 

Já o modelo Outbound oferece: 

  • preparação da embalagem do produto; 
  • definição dos destinos das mercadorias; 
  • emissão de documentos de transporte e notas fiscais; 
  • planejamento das rotas de entrega; 
  • execução do transporte, seja por fracionamento ou carga completa; 
  • contratação de serviços de transporte; 
  • acompanhamento do progresso das entregas; 
  • verificação dos custos de frete contratados; 
  • gerenciamento de operações de logística reversa. 

 Como esses conhecimentos favorecem aprimoramentos estratégicos? 

Otimização, fluidez e produtividade são apenas alguns dos benefícios em adotar esses dois modelos integrados na sua empresa. Conheça com mais detalhes essas e outras vantagens. 

Beneficia a organização e a integração 

Quando esses dois métodos são devidamente implementados, proporcionam uma maior estruturação e organização ao dia a dia do setor. Isso ocorre porque fica mais simples identificar a interconexão entre cada fase do processo logístico. 

Com a logística operando de forma integrada, ocorre uma melhora significativa na eficiência da comunicação com fornecedores, transportadoras e clientes. 

Melhora o gerenciamento de estoque 

O gerenciamento de estoque é frequentemente um desafio significativo para muitas empresas, já que abarca uma considerável parcela dos recursos e demanda abordagens e estratégias de gestão inteligentes, com o objetivo de assegurar que não haja falta ou excesso de produtos. 

Nesse contexto, a implementação eficaz de uma gestão de logística Inbound e Outbound emerge como a solução mais eficaz para enfrentar esse obstáculo, uma vez que auxilia na coordenação das entradas e saídas, garantindo um nível de estoque equilibrado. 

Favorece a produtividade 

Outra consequência positiva percebida por empresas que dedicam recursos à gestão de logística Inbound e Outbound é o incremento da produtividade da equipe. Isso ocorre em virtude da melhoria na visibilidade e no controle dos processos, bem como da redução de desperdícios e erros. 

Quando essas fases operam de forma integrada e eficaz, todos os departamentos conseguem desempenhar suas funções com maior celeridade e confiabilidade. 

Amplia o entendimento sobre a cadeia de produção 

A logística deve ser ágil, sem comprometer a qualidade, especialmente durante o processo de transporte. Contudo, esse equilíbrio só é alcançado quando o gestor possui um entendimento profundo do sistema e sabe como aproveitar os indicadores de desempenho. 

Afinal, uma gestão eficaz amplia a compreensão de toda a cadeia de produção e contribui para garantir uma experiência de compra positiva para o cliente final. 

As logísticas Inbound e Outbound são de grande complexidade. Afinal, elas representam uma infraestrutura estratégica, sendo previsto que seu tamanho e relevância continuem crescendo nos anos vindouros. Portanto, adquirir um entendimento sobre esses conceitos é crucial para o futuro do seu empreendimento. 

O artigo foi esclarecedor? Então, compartilhe este texto nas redes sociais para que seus colegas de trabalho também fiquem atualizados sobre o assunto! 

Fonte: Senior