Blog > RH não estratégico, quase estratégico e estratégico. Descubra qual é o seu!

RH não estratégico, quase estratégico e estratégico. Descubra qual é o seu!

gestao-de-ocorrencias

Conheça os 3 tipos de RHs, não estratégico, quase estratégico e estratégico, suas formas de pensar e agir. Descubra em qual tipo a sua área de RH se encaixa e teste seus conhecimentos em um quiz.

O RH tem se tornado cada vez mais um parceiro estratégico no sucesso das organizações. Se antes sua atuação se limitava a atividades operacionais, hoje em dia, o RH está desempenhando um papel crucial na tomada de decisões e na definição de metas e objetivos. 

A transformação digital não só trouxe novas tecnologias e ferramentas para o mundo dos negócios, mas também promoveu uma mudança significativa no comportamento das pessoas dentro das empresas. Afetou todos os aspectos do ambiente de trabalho, desde a forma como as equipes se comunicam e colaboram até como definem estratégias. 

Os modelos de gestão estão em constante evolução e cada vez mais rápidos. Nas décadas de 50 e 80, por exemplo, eram altamente focados na eficiência operacional, lucro e em um estilo de comando e controle. Com o tempo, houve uma evolução em direção a uma gestão mais colaborativa, voltada para a equipe, propósito, confiança, responsabilidade e produtividade. 

As pessoas que fazem parte dos negócios ganharam maior relevância e prioridade. Essa mudança tem se intensificado nos últimos anos, resultando em uma grande transformação das necessidades das pessoas em seu ambiente de trabalho. 

Neste post, você confere quais são os 3 tipos de RH e suas maneiras de pensar e agir. Boa leitura!

1 – Conheça o RH Não estratégico 

O RH Não estratégico é aquele que, como o próprio nome já explica, não consegue atuar pensando estrategicamente nas suas entregas.  

É um RH com dificuldades para inovar, automatizar processos ou com atrasos para a transformação digital na gestão de pessoas. Constantemente, justifica suas escolhas no “faço como faço, pois sempre foi feito desta forma”.  

Sua maneira de pensar é sempre voltada ao presente, com ações para o atual momento da empresa, não a longo prazo: Contrata para o agora, executa para o agora e desenvolve para o agora.  

Por não se planejar para melhorias, também não apura números e dados e, por isso, tem dificuldade de identificar novas oportunidades em sua operação. 

Seu envolvimento com as definições e objetivos do negócio é tão baixo, que seu impacto na receita é de -5%.  

2 – Conheça o RH quase estratégico

O RH Quase estratégico é aquele que está começando a pensar no futuro e na transformação digital, porém ainda não tem as ferramentas certas à sua disposição.  

Ele já pensa e age com o objetivo de levar a empresa a um novo patamar e faz as seguintes perguntas, constantemente: Quais são os recursos e pessoas que vão me ajudar a ser o RH estratégico, que impulsiona o meu negócio?  

Seu desafio está, geralmente, na cultura organizacional mindset interno, pois o negócio ainda o enxerga o RH como uma área não estratégica. Por isso, seu impacto na receita da empresa é de apenas 2%. 

3 – Conheça o RH Estratégico 

Por último, temos o RH estratégico. Este, por outro lado, entende “estratégia” como palavra-chave para alcançar melhores resultados e atua junto da empresa no planejamento estratégico, decidindo o que o negócio será e fará.  

Ao contrário dos demais, esse tipo de RH se atenta a práticas aliadas aos dados e indicadores e também à Inteligência Artificial para a gestão de pessoas, usando a tecnologia como uma aliada.  

Entende também que a gestão de pessoas não é só um papel do RH e compartilha as responsabilidades com gestores e líderes, proporcionando insumos e ferramentas para uma atução  assertiva e humana no desenvolvimento de profissionais.  

Além disso, o RH Estratégico acompanha as tendências e inovações do mercado, entendendo as boas práticas e vantagens de novas soluções para o negócio, sempre em busca de mais produtividade e melhorias em seus processos e operação.  

Possui um impacto de 11% a mais de receita de uma companhia, pois participa ativamente das definições do negócio.  

Quais são os benefícios do RH Estratégico para a empresa? 

Abaixo, confira algumas das principais vantagens de um RH estratégico para os negócios:  

✓ Decisões Data-Driven: O RH estratégico permite que as organizações tomem decisões sobre pessoas embasadas em dados concretos.  

Ao coletar e analisar informações relevantes, a empresa pode identificar necessidades, como a atuação frente ao clima organizacional de uma área com baixa produtividade, por exemplo.  

Isso resulta na tomada de decisão mais concreta e coerente, que impulsiona o crescimento da organização e torna a gestão de pessoas mais assertiva.  

✓ Atuação 24×7: De forma estratégica, o RH amplia sua atuação de forma eficaz, seja através da disponibilização de informações e dados para as pessoas gestoras, através de Inteligência Artificial para simplificar demandas ou mobilidade, facilitando o atendimento de solicitações do RH por meio digital e automático, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.  

Isso não significa que os profissionais vão fazer plantão, ok? Mas, sim, que o RH deve possibilitar outros meios de atendimento aos colaboradores e proporcionar autonomia no acesso e gestão de suas próprias informações, necessidades e jornadas, o que contribui para a satisfação e o engajamento dos colaboradores em um mundo cada vez mais interconectado. 

✓ Diminuição do Turnover: O RH estratégico desempenha um papel fundamental na retenção de talentos. Ao adotar abordagens personalizadas para o desenvolvimento e o bem-estar dos colaboradores, a empresa consegue reduzir significativamente a rotatividade de pessoal.  

O que fortalece e valoriza os profissionais experientes e engajados em seus cargos e, por sua vez, poupa recursos que seriam investidos na contratação e treinamento de novos colaboradores.  

Resumo e quiz para testar seus conhecimentos   

Como você viu neste post, há 3 tipos de RHs. São eles:  

O “RH Não Estratégico”, que atua em práticas há muito tempo pré-estabelecidas pelo setor, preocupado com as entregas diárias e momentâneas sem integrar novidades nas rotinas e visão de atuação da área dentro da empresa.  

O “RH Quase Estratégico” está no caminho, mas ainda precisa atuar na cultura organizacional do negócio para conquistar autonomia, recursos e ferramentas, para alcançar novos resultados.  

Por fim, o “RH Estratégico”, que usa dados a seu favor e entende que a tecnologia é essencial para uma gestão de pessoas estratégica. Nesse sentido, está sempre atento às inovações e tendências do mercado para se adaptar e também contribuir com resultados para a empresa.  

 Será que o seu RH está por dentro das inovações para a gestão de pessoas? Descubra já neste quiz, que vai testar seus conhecimentos sobre digitalização, adaptabilidade e experiência de colaboradores. Acesse o quiz aqui e tenha uma resposta imediata sobre o seu RH!  

Acompanhe também as principais novidades e tendências, diretamente do HR Tecnology Conference e Exposition – o maior congresso de tecnologia para a gestão de pessoas do mundo, em Vegas, – no Pós-HR Tech 2023 da SeniorClique aqui e assista!  

Fonte: Senior

Leia Também

Cadastre-se e receba novidades sobre gestão e tecnologia

    Eu concordo em receber comunicações personalizadas

    Li e concordo com a Política de Privacidade da Synergie, que pode usar as informações aqui fornecidas para entrar em contato via e-mail, telefone ou whatsapp

    Senior Sistemas é na Synergie!
    Canal de Distribuição Senior, a Synergie é especializada em soluções de tecnologia e processos que garantem alta performance e inovação para a gestão corporativa.

    Copyright Synergie © Todos os direitos reservados